Venha descobrir Lagos.

A magnífica história de Lagos esteve sempre intimamente ligada ao mar. Foi em Lagos que teve início a era dos Descobrimentos Portugueses.

Lagos, conservou até hoje o seu espírito cosmopolita, aceitou os desafios dos tempos modernos, porém sem desprezar a herança do seu passado. Actualmente, Lagos é um excelente lugar para todos os tipos de desportos e actividades náuticas pelas suas deslumbrantes encostas douradas conhecida pela “Costa d’Oiro”

No séc. XV,o Infante D. Henrique, “O Navegador”, equipou as suas caravelas e abriu o caminho para os grandes descobrimentos a partir de Lagos. Assim, o pequeno porto de Lagos tornou-se numa janela para o mundo e num ponto de encontro das rotas marítimas internacionais, onde os caminhos de muitas culturas cruzavam-se.

O nome Lagos é de origem celta e provém do nome primitivo Lacobriga. Lagos foi um povoamento dos cartagineses, que contrataram tribos celtas para combater os Romanos (as Guerras Púnicas). Mais tarde foi povoado pelos Romanos, tornando-se a província romana da Lusitânia. Alguns vestígios romanos ainda se encontram em Lagos e nos seus arredores.

A cidade foi ocupada no século VI pelos Visigodos do Reino de Toledo e mais tarde pelos Bizantinos. Os Mouros vieram no século VIII. Mudaram o nome da cidade para Zawaia (que significa Lago). Fazia parte da região costeira do al-Gharb (de onde provém o nome Algarve). Os Mouros fortaleceram a cidade e estabeleceram ligações comerciais importantes. Em 1174 os locais Wali deram autorização para a construção da Igreja de S.João no exterior das muralhas. Esta é a igreja mais antiga no Algarve. Mesmo durante a reconquista de Portugal por D.Afonso Henriques, o sul (o Algarve e o Alentejo) permaneceu sob a conquista dos Mouros. Foi reconquistado por D.Afonso III em 1241. Após a conquista do Algarve por completo em 1249 o rei intitulou-se “Rei de Portugal e do Algarve”, que demonstra o facto do Algarve, após o longo reinado pelos Mouros, ser considerado um país estrangeiro que não fazia parte de Portugal.

Lagos tornou-se numa cidade importante no século XV, a época dos descobrimentos Portugueses. O Infante D.Henrique, o terceiro filho de D.João I viveu a maior parte do tempo em Lagos. Daqui comandou expedições para Marrocos, a costa oeste de África, com caravelas, naus com capacidades marítimas excelentes. Lagos também foi o porto de casa de Gil Eanes, o primeiro explorador a dobrar o Cabo Bojador em 1434, considerado na altura o fim do mundo. Foi um momento marcante para a exploração de África pelos portugueses.

 

De que está á espera? Venha visitar-nos!

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência de usuário. Ao usar o site, você confirma que aceita o uso de cookies de acordo com nossa política de privacidade.   Saiba mais